Tudo preparado para o 4º. Fórum do Trabalho

11
Fechando o mês de no qual se comemora o Dia Internacional da Mulher, o vereador Paulo Malerba promove o 4º.  Fórum do Trabalho com o tema: Mulheres no mundo do trabalho: desafios e perspectivas, que contará com a participação de Liliana Segnini, Prof. Doutora da UNICAMP e Sônia Coelho, Coordenadora da Marcha Mundial das Mulheres.
Segundo o vereador, a escolha do tema se deu pela predominante desigualdade existente no mundo do trabalho: “Nós sabemos que o ambiente do trabalho é um espaço machista, sendo também do mundo do trabalho que advém a autonomia da mulher”, comentou.

Como preparação, lançou a pergunta em sua página oficial no Facebook: “Qual tema não pode ficar de fora desta discussão?”. Foram diversas respostas, que serão apresentadas durante o Fórum. (Clique aqui para visualizar a enquete e um resumo)O evento ocorrerá na Câmara Municipal de Jundiaí, nesta quinta-feira, dia 27 de março, às 19h e contará com a presença de direções sindicais e de representações de classe com sede em Jundiaí. O evento ganhou força a partir da confirmação da presença de movimentos feministas da região ligadas ao MMM.A ideia de um Fórum permanente para discussão de questões do trabalho na perspectiva dos trabalhadores nasceu da ausência de espaços como estes em nossa cidade:  “Com a presença majoritária de estudantes e representantes sindicais o Fórum do Trabalho vai se formando como um proeminente espaço de reflexão para a ação dos trabalhadores em Jundiaí”.

Nas três edições ocorridas em 2013 o Fórum do Trabalho contou com a participação de mais de 250 pessoas e reflexões de alto nível. Os temas foram:  “Os desafios do mundo do Trabalho”,  “Modernizar a CL T?”  e  “Os trabalhadores e as mobilizações populares” com a participação como palestrantes Jorge Souto Maior, Juiz do Trabalho, Professor da USP; Ricardo Berzoini, Deputado Federal Ricardo Berzoini e Ex-Ministro da Trabalho e Previdência e Doutor em Ciência Política Prof. Armando Boito da UNICAMP.

Saiba mais sobre as debatedoras
11 (1)
Sônia Coelho, integrante da organização feminista SOF afirma que “o Brasil é o sétimo país do mundo onde mais se assassinam mulheres, outro campo que é frágil para as mulheres são os espaços de poder, onde somos minoria absoluta, e, apesar da crescente participação da mulher no mercado de trabalho, ainda recebemos menos do que os homens para os mesmos cargos. Ainda há um discurso machista muito forte na sociedade brasileira.”
 Além de ser professora titular da UNICAMP, Liliana Segnini é autora de diversos livros, artigos e pesquisas sobre as relações gênero, sociologia do trabalho e economia. Ganhadora do Prêmio Jabuti 2010 na categoria “Melhor Livro de Economia, Administração e Negócios” – Guimaraes, Nadya, Hirata, Helena, Sugita, Kurumi (org.) Trabalho Flexível, Empregos Precários. EDUSP, Câmara Brasileira do Livro; Prêmio Luis Espinal 2007 – 2ª. Mostra CineTrabalho. O Trabalho da Mulher nos Bancos (Documentário, VHS, (SP) 1993 – 41 ). Direção: Taunay Daniel, Produção: Liliana Segnini e Amilton Moretto, UNESP -Marilia (Coordenação: Giovanni Alves e Elson Menegazzo.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s