Lula é inocente

Lula é inocente.

Primeiro ficou demonstrado que o juizado correto para julgá-lo não era Curitiba. Todos o sabiam desde o início. Segundo, o juiz Moro não foi imparcial. Os dois fatos se interligam: o processo só foi enviado à Curitiba porque tinham conhecimento que o juiz que conduzia a operação por lá era tendencioso e condenaria Lula de qualquer forma, independente do que viesse nos autos.

A condenação era prévia, o juiz estava mancomunado com os procuradores e juntos usaram a mídia para enxovalhar o ex-presidente e constranger quem fosse contrário ao modus operandi do grupo.

Talvez alguém argumente que houve corrupção na Petrobras e que, por esse motivo, Lula é culpado. De fato existia corrupção na Petrobras, desde muito tempo inclusive, conforme se depreendeu do que veio à tona. Contudo, a relação do ex-presidente com ela nunca foi mostrada. As provas nunca chegaram à essa conclusão. Forçaram uma situação para incluir Lula no processo e com objetivo mal disfarçado de reduzirem sua projeção política, seu legado e o removerem do cenário eleitoral. Com ele, todo um campo político.

Em uma democracia, no mundo civilizado, todos são inocentes até que se prove o contrário. Lula é inocente. A lava jato jogou sujo para mostrar o contrário e não conseguiu. No entanto, os estragos dessa maneira de agir de procuradores e juízes são visíveis e duradouros sobre indivíduos e instituições. Pelo menos ainda temos uma constituição a ser respeitada. Antes tarde do que nunca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s